undefined
arrow_drop_down
arrow_drop_down
Testemunho Polly - Uma vida improvável.

Testemunho Polly - Uma vida improvável.

Testemunho Polly

        Tive uma infância difícil pois aos 9 anos sofri um abuso e tive que me calar por medo de causar algum transtorno na família, eu me sentia culpada por aquele episódio, e assim eu comecei a carregar um fardo de medo, em busca pela aprovação sobre o que as pessoas pensavam a meu respeito, o que não fazia sentido já que eu sempre fui rotulada como “ovelha negra” da família.
       Minha vida espiritual era vazia, sempre estive na igreja, mas nunca fui igreja, não me sentia parte de nada e não tinha um relacionamento com Deus. Em busca de aprovação comecei a beber, nunca experimentei drogas, mas depois de uma depressão pós-parto, comecei a misturar meus ansiolíticos com o álcool em busca de esquecer os problemas ou até mesmo em acabar com eles e minha vida de vez.
      Durante esse período também vivenciei muitos relacionamentos abusivos, sofri agressões físicas e morais e não conseguia mais sequer ter pensamentos bons a meu próprio respeito. A culpa era tão grande que não era possível acreditar que algo bom estivesse reservado para mim e depois de um casamento complicado e três filhos, vivi o mais difícil e doloroso relacionamento. Sem poder envolver ninguém, sofria as ameaças e agressões sozinha.
         Nesse mesmo período eu e meu pai adoecemos, passamos pelos dolorosos tratamentos para o câncer e ele infelizmente veio a falecer. Meses depois fui operada e curada, mas a minha cura não acabava ali.
         Um mês depois da minha cirurgia, fui ao Empacto, na maca “literalmente” e fui curada por Jesus de uma paralisia e libertada dos 19 anos de depressão incluindo o cativeiro de 12 medicações (antidepressivos e anticonvulsivos) diários. Fui curada em amor em um momento de perda e dor.
        Minha cura foi apenas o começo de um processo no qual eu nunca mais fui a mesma e nunca mais vivi sem Ele. Tive momentos maravilhosos e momentos muitos difíceis com Jesus, houveram dias em que pensei que não iria aguentar, mas ele me manteve de pé. Jesus sempre me sustentou dizendo coisas boas a meu respeito e me mostrando que Ele estava no controle de todas as coisas e no centro da minha vida.
         Desejo que todos sintam esse amor e essa força que nos faz capazes de aguentar tudo, que todos encontrem o aconchego que encontrei e vejam que não há vida sem Ele. Desejo que as pessoas vejam através da minha história que era improvável aos olhos humanos, que Deus sempre tem planos para nós, que Ele sempre tem o melhor para nós, e que hoje a vida que eu vivo é só o começo desse plano.