undefined
arrow_drop_down
arrow_drop_down
Testemunho José Geraldo (Juninho).

Testemunho José Geraldo (Juninho).

Testemunho José Geraldo (Juninho)

Aos 12 anos comecei a beber e sair para bailes afim de satisfazer minhas vontades, queria estar no meio da galera e consequentemente me evolvi não só com álcool, mas com drogas e prostituição e tudo o que eu pensava que me daria prazer.

Conheci minha esposa aos 18 anos, e mesmo casado após seis anos de namoro eu não havia mudado, não sabia o meu valor e continuava a viver uma vida de aparência e mentiras.

Somente alguns anos depois, após o nascimento do meu primeiro filho que senti vontade de largar aquela vida de mundão e creio que aquela vontade foi fruto do Espírito Santo. Passados alguns meses fui convidado para uma célula e então foi amor à primeira vista. Me senti tão amado pelas pessoas que estavam naquele local que cheguei em casa relatando para minha esposa um amor que não conhecia antes.

Na mesma semana fomos à igreja, era o culto festivo dos encontristas que chegavam do Empacto, um amigo que eu conhecia a anos veio orar por mim e enquanto ele orava eu só pensava que se havia jeito para ele, também haveria para mim. Depois dessas experiências na célula e no culto eu nunca mais larguei meu Paizinho.

Então começaram os processos de transformação na minha vida através do meu relacionamento com Jesus, eu já não o conhecia só de ouvir falar. Dos maiores aos menores vícios Ele foi me libertando aos poucos, através de curas e confrontos eu conhecia o caráter de Cristo ao mesmo tempo em que o meu era lapidado.

Eu e minha esposa tomamos juntos a decisão de morrer para nós e viver para Cristo, mas tudo era muito novo em nossa vida, então foi fundamental o apoio que recebi no ambiente da célula, ali encontrei não só pessoas para caminhar comigo, mas alimento através da palavra que me guiou e me sustentou para o alvo, que é Jesus.

Hoje eu e minha casa servimos ao Senhor, temos nossa identidade em Cristo e fomos salvos porque entendemos o que Deus fez por nós. Hoje temos paz para enfrentar as tribulações que Jesus disse que iríamos passar, mas entendemos que carregamos o Espírito Santo dentro de nós e temos o prazer de poder manifestar o seu amor. Nosso maior prazer é trazer a reconciliação e levar os perdidos ao encontro do Caminho, da Verdade e da Vida.

Nosso Pai mora conosco e vivemos uma vida abundante com Ele, nem a morte nem a vida, a pobreza ou a riqueza será capaz de nos separar desse infinito Amor.

 





.